a jornada do herói, campbell, joseph

CURADORIA CUORE CURIOSO – DIA 12

Já percebeu que existem coisas comuns nas histórias dos seus ídolos? Geralmente eles são pessoas normais, que se sobressaem dos outros. Enfrentam seus medos, partem para o desconhecido, passam por dificuldades, e por fim se tornam pessoas diferentes do que eram inicialmente. Se você pensar, Jesus, Hércules, Harry Potter, Luke Skywalker, Neo, Dorothy, Nemo, Frodo passam todos por estas fases.

É o que Joseph Campbell, estudioso de mitologia comparada, chamou de mono-mito do herói: parece que, ao redor do mundo, o jeito de ser herói é o mesmo – na ficção e na realidade. Quer ser um herói na sua vida? Veja o pequeno vídeo do TEDed para entender melhor o conceito.

Na semana passada falamos sobre a invasão europeia na América – e sua barbárie. Conhecer a história para não a repetir é um dos mantras mais poderosos (apesar de que, mesmo conhecendo a história, a turma continua repetindo).

efa721f4a13eb2dc7da60b49e274cf05
A história não se repete, mas ela rima sim.

Mas voltando. Sobre a América pré-Colombiana ouve-se muito falar dos Incas, Maias e Astecas. Aposto que você estudou os três na escola. E sobre o Caminho Peabiru – já ouviu falar? Havia muito mais do que índios pelados aqui quando Colombo – e posteriormente Pedro Álvares Cabral – aportaram por estes lados. Longas (cerca de 3000 quilômetros!), movimentadas e inclusive bem cuidadas estradas ligavam a atual São Paulo ao território dos Incas.

Já pensou em quanto a nossa cultura é europeizada? O quanto você conhece sobre os povos indígenas que habitavam estas paradas? Se você tem fontes de informação bacanas sobre os povos que habitavam o Brasil antes de Cabral – coloca o link aí nos comentários.

Quer ganhar um ebook incrível com as ferramentas de desenvolvimento pessoal que usamos nas viagens?

Assine a nossa newsletter e receba por e-mail: o ebook é gratuito e está cheio de fotos inéditas!

Sem spam. Só coisa boa.

Um comentário sobre “CURADORIA CUORE CURIOSO – DIA 12

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *