CURADORIA CUORE CURIOSO – DIA 21

A beleza está nos olhos de quem vê, ou quem ama o feio, bonito lhe parece: este tipo de pensamento está presente na humanidade desde os gregos. Há uma série de ensaios que dizem que a beleza está na simetria, ou numa proporção áurea que alguns chamam de divina e que ficou famosa com o livro do Dan Brown.

Nada disso explica, contudo, porque achamos bonito um gol, ou um ace, ou um objeto que há 20 anos nem conhecíamos, mas que hoje parece fazer parte do nosso corpo: um celular.

Denis Dutton tem uma proposta para resolver esta questão (com legendas em português). Veja, o vídeo e pensem nas pedras lapidadas – ou nas pirâmides!

Continuando a nossa saga em busca de conhecer melhor esta personagem instigante que foi Eleanor Roosevelt, a primeira-dama que ficou por mais tempo no cargo nos Estados Unidos, e que fez muito pela emancipação feminina. De 1941 a 1962, ela assinou uma coluna no jornal Ladies’ Home Journal e posteriormente no McCall’s chamada If you ask me (Se você me perguntasse), na qual respondia perguntas que os leitores mandavam para a redação (e um pouco das perguntas sugeridas pela própria redação).

Primeira coisa: numa época sem Face e Twitter, em que a relação com as figuras públicas era muita mais distante do que a atual, quão revolucionário e humano era isso?

Tem perguntas de todos os tipos: pessoais, sobre a guerra, administração do lar, assuntos políticos. É como olhar por um buraco de minhoca e ter um lampejo do que era viver naquele período.

O site da George Washington tem a coleção de todas as colunas para você se divertir hoje. Vou colocar aqui abaixo a tradução de algumas das minhas favoritas.

 

Junho de 1962

Você não acha que os pais tem uma obrigação de exercer alguma supervisão sobre a escolha de companhia de seus filhos? Se você tivesse uma filha de dezessete anos que estivesse passando a maior parte do seu tempo com garotos e garotas rudes e incultos, não usaria você de todos os meios ao seu dispor para a separar deles?

franklin-d-roosevelt-family

Se a sua filha está escolhendo seus amigos entre jovens deste tipo, eu tenho medo de que você não deu seu tempo a ela suficientemente e não a encorajou a trazer seus amigos em casa. Uma criança cujos amigos são bem recebidos na sua casa logo aprende a distinguir entre o desejável e o não desejável, já que as diferenças aparecem muito claramente nesta atmosfera. Usar táticas de braço forte neste ponto irá apenas antagonizar uma adolescente de 17 anos. Seu melhor plano é pensar em atividades que irão interessar a ela e atrair colegas de classe com bom comportamento.

 

Março de 1944

(para mostrar que o anti-Semitismo era generalizado naquela época: as nações europeias ou os Estados Unidos limitaram fortemente a entrada de Judeus refugiados).

Por que os países Aliados não estão resgatando os Judeus em países dominados pelos Nazistas antes de que eles sejam completamente destruídos?

A maioria dos países Aliados na Europa, com a exceção da Grã-Bretanha e Rússia, estão sob poder dos Nazistas. Suécia, Suíça, Turquia e alguns outros são neutros, mas os outros estão ou sob a dominação dos Nazistas ou cooperando com eles, então parece a mim que é razoavelmente óbvio que não há modo de resgatar os Judeus exceto ganhando a guerra.

Tudo o que pode ser feito por representações diplomáticas e expressões governamentais de desaprovação das ações dos Nazistas já foi feito.

 

Janeiro de 1950

Qual é a sua receita para recheio de peru?

101122_r20183_p886-320 

Quando é possível encontrar castanhas portuguesas, eu gosto de usá-las no recheio e peru, mas há vezes em que usei qualquer coisa, de recheio de pão puro a recheio de ostras.

Eu amoleço pão branco velho com água, misturo com cebolas picadas, castanhas portuguesas fervidas e picadas, mateiga derretida e temperos (eu goso bem temperado com sal e pimenta e tempero para frango). As quantidades, claro, dependem do tamanho do peru. Eu geralmente tenho duas salsichas frescas pequenas, assadas, ao redor do peru quando ele é servido.

Quer ganhar um ebook incrível com as ferramentas de desenvolvimento pessoal que usamos nas viagens?

Assine a nossa newsletter e receba por e-mail: o ebook é gratuito e está cheio de fotos inéditas!

Sem spam. Só coisa boa.

Um comentário sobre “CURADORIA CUORE CURIOSO – DIA 21

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *